Quebrando paradigmas

Quebrando paradigmas
Uma jovem professora descreve o impacto da má nutrição em seus alunos e como eles o resolveram. Professores e pais trabalhando juntos para resolver este problema.
Duração do vídeo: 
02:00
Autor: 
Jakelline Natalí Hernández
Data: 
sexta-feira, Maio 22, 2015
Nível: 
Adult
Description2: 

O problema nutricional básico da Guatemala não é a quantidade de alimentos consumidos pela população de baixa renda, mas sim a qualidade da dieta e as práticas alimentares.

No município de San Agustín Acasaguastlán, a desnutrição prejudica a aprendizagem adequada de crianças e jovens, tornando-os sobreviventes com baixa qualidade de vida. A entrega de suporte nutricional deve sempre ser acompanhada por uma estratégia educacional em nutrição e erradicação da pobreza.

No Centro Educacional número 14 de NUFED, onde eu trabalho, há alunos de diferentes comunidades. Vejo nas minhas salas de aula que existem vários problemas como: desnutrição, deficiência de programas de saúde, educação, pobreza, má nutrição, e falta de interesse dos pais, entre outros. Isso faz com que alguns de nossos alunos tenham problemas de desenvolvimento e não alcancem a altura física adequada. Mais importante ainda, eles têm problemas de aprendizagem e desenvolvimento intelectual, o que não torna minhas aulas mais fáceis. Além disso, a maioria dos alunos chega à aula sem ter tomada café da manhã. 

Como professores do Centro Educacional número 14 de NUFED, implementamos uma ação sustentável para contribuir com a nutrição de cada um dos jovens; a saber, preparamos Incaparina (um alimento vegetal de proteína de alta qualidade) todas as manhãs para eles. No início tivemos cada professor contribuindo com um ingrediente. Depois, em uma reunião com os pais, chegamos a um acordo de que cada uma das crianças contribuiria com um Quetzal para reforçar as necessidades nutricionais dos alunos, ao invés de comprar doces e refrigerantes 

Graças a essa ação, o interesse dos alunos em cada uma de suas turmas foi ampliado, melhorando os resultados 

E você, como você contribui para o seu país? 

 

Traductor: Michael Mc Laughlin

 

Rating: 

Um presente para Comundos

Ao longo dos anos, Comundos ajudou comunidades remotas em todo o mundo, ensinando o pensamento crítico, na alfabetização midiática e no uso de tecnologia de comunicação.
Para fazer isso de forma eficaz, precisamos do seu apoio para computadores, traduções, cursos e o gerenciamento de mídia social.

Obrigado!

Comundos - Crelan Bank
BE11 1030 2973 8248

Become a monthly donor