Através dos olhos de um sobrevivente

Através dos olhos de um sobrevivente
(fotos explícitas!) Esta história conta como Charlie sobreviveu a tempestade Haiyan (ou Yolanda) em Tacloban, Filipinas. As imagens dão uma ideia impressionante do que ele viu. Ele perdeu muitos familiares nesta tempestade maciça. (fotos explícitas!)
Duração do vídeo: 
04:42
Autor: 
Charlie Sambita
Data: 
terça-feira, Setembro 13, 2016
Nível: 
Youth
Description2: 

Olhar pelos olhos de um sobrevivente

Me chamo Charlie Sambitan. Trabalho como assistente técnico numa ONG.

Sobrevivi ao tufão Haiyan.

Um dia antes da tempestade Haiyan (Yolanda), no dia 7 de novembro fui ao escritório para pegar meu computador e outros itens de valor.
Neste momento, um amigo do Canadá me ligou e me advertiu que uma forte tempestade estava vindo na direção das Filipinas e me disse para eu evacuar a cidade o mais rápido possível.
No momento não levei a sério porque o tempo estava bom e não achei que eu deveria me preocupar.

No dia seguinte a mais forte tempestade que já ocorreu atingiu nossa cidade Tacloban. Foi num piscar de olho e nossa casa estava completamente destruída. Vi barcos voando e sendo carregados por enormes ondas.
Senti como se fosse o final do mundo, combatendo 3 horas de ventos fortes.
Quando olhei para meus familiares, estavam todos tremendo e apavorados.

A única coisa que eu pensava era - ´como vamos sobreviver´?

Quando a tempestade terminou fui para a cidade para buscar comida para minha familia.
Andei nas ruas e encontrei vários corpos  ao longo do caminho. Detritos estavam em todo lado. 
Um pesadelo que nunca mais eu esqueceria. Muitas vidas foram tomadas e muitos estavam sofrendo sem comida e água.
Não havia ajuda, não havia nada.

Mas Deus é bom, gente do mundo inteiro chegou para ajudar, quando a notícia chegou a comunidade internacional do que havia ocorrido nas Filipinas.

Compartilhamos amor e mostramos simpatia e compaixão. Este tipo de desastres não irá parar por aqui.
Imagino que isso irá acontecer de novo se continuarmos sendo irresponsáveis. Isto já é um efeito da mudança climática.
Um fenômeno que não mais poderemos evitar mas apenas mitigar (aliviar as consequências) amando nossa mãe Terra.

 

 

Rating: 

Um presente para Comundos

Ao longo dos anos, Comundos ajudou comunidades remotas em todo o mundo, ensinando o pensamento crítico, na alfabetização midiática e no uso de tecnologia de comunicação.
Para fazer isso de forma eficaz, precisamos do seu apoio para computadores, traduções, cursos e o gerenciamento de mídia social.

Obrigado!

Comundos - Crelan Bank
BE11 1030 2973 8248

Become a monthly donor