Trabalhando na Agricultura Sustentável no Extremo Norte dos Camarões

Trabalhando na Agricultura Sustentável no Extremo Norte dos Camarões
Esta história do extremo norte de Camarões mostra como as mulheres rurais ou agricultores locais estão usando fertilizante orgânico no cultivo de plantas como forma de combater a degradação do solo.
Rating: 
Video Duration: 
02:14
Creator: 
Tikela
Date: 
terça-feira, Outubro 31, 2017
Level: 
Youth
Description2: 

No extremo norte de Camarões, a degradação e o empobrecimento do solo são obstáculos para o desenvolvimento sustentável da agricultura. Nossos rendimentos agrícolas eram sempre baixos e nossa população sofria frequentemente de desnutrição. De fato, o nosso baixo poder aquisitivo não nos permitia ter acesso a fertilizantes químicos. Uma grande parte da população não domina o processo de produção de fertilizantes orgânicos.

No CFAJAM, aprendemos a produzir compostagem para a fertilização e preservação dos campos.

Primeiramente, escavamos fossas e coletamos matéria orgânica como hastes de sorgo, de milho, de painço, estrume e estercos. Nós a depositamos nas fossas e a regamos duas vezes por semana. Cobrimos as fossas de compostagem por um período de quatro a seis meses. Tempo durante o qual a matéria orgânica se transformará em húmus. Após este tempo, esvaziamos as fossas e o composto é espalhado nas parcelas destinadas à produção de horticultura.

Através deste método, nossas culturas se desenvolvem bem sem o uso de fertilizantes químicos e dão bons rendimentos. Estamos satisfeitos em consumir alimentos que nós mesmo produzimos.

Quando retornamos às nossas famílias, aplicamos esses mesmos métodos para restaurar os solos e poder manter as terras familiares. Meus pais estão muito satisfeitos pois os rendimentos obtidos são encorajadores.

 

Traduzido ao Português no âmbito da iniciativa PerMondo (traduções gratuitas das páginas web e documentos para associações sem fins lucrativos). Projeto dirigido por Mondo Agit. Tradutora: Eliana Harada.