O impacto da ONG Fajalobi

O impacto da ONG Fajalobi
Quando eu era criança, víamos a floresta perto de nós, mas hoje a vemos desaparecer. Para superar o problema da pobreza, FAJALOBi busca criar uma economia local
Duração do vídeo: 
00:00
Autor: 
Zacky Madilo
Data: 
terça-feira, Julho 13, 2021
Nível: 
Youth
Description2: 

Uma região muda através da educação e do treinamento de sua população

Meu nome é Zacky MADILO. Nasci em Idiofa, na província de Kwilu, na RDC. Na minha região, as florestas são vistas como uma fonte econômica. A população derruba árvores para fazer fazendas. Essas fazendas permitem que a população tenha mandioca para comer, ou venda para ter dinheiro. Eles também cortam árvores para fazer carvão. A maioria das pessoas usá-lo para cozinhar, ou vende-lo para ter algum dinheiro. 

Nossa floresta está desaparecendo. Uma solução precisa ser encontrada para reduzir a exploração. 

Nossa floresta está desaparecendo. Uma solução precisa ser encontrada para reduzir a exploração, A ONG FAJALOBI está em Idiofa desde 2012 para plantar árvores em pastagens, a fim de estabelecer florestas. 

Com o plantio de árvores, criamos trabalho para a população. Esse reflorestamento permite que cada agricultor receba um pouco de dinheiro no final do mês. Existe uma grande necessidade para treinamento técnico. 

Na África, uma e cada dez famílias têm acesso ao computador. Organizamos aulas de informática para permitir que os jovens recebam conhecimento básico do Office Suite, para que sejam incluídos digitalmente, navegando na Internet, e para que tenham acesso aos documentos que lhes são úteis. Treinamento em corte e costura principalmente para as meninas, para que elas descubram seus talentos. Treinamento em carpintaria também é organizado para jovens e adultos desempregados.

E graças a esta ONG, os jovens descobrem seu talento 

Para combater os incêndios florestais comuns em nosso meio ambiente, eu acompanho alunos e outros visitantes interessados até nossos locais de reflorestamento para que entendam a importância de reflorestamento e porquê eles precisam proteger essas florestas plantadas. Após esta visita, os visitantes demonstram enorme alegria e prometem protegê-la. O povo de Idiofa está muito feliz com o trabalho do FAJALOBI, porque vemos nossos campos se transformarem em florestas. E graças a esta ONG, os jovens descobrem seu talento 

Hoje em dia, quase 6/10 jovens de Idiofa estão digitalmente incluídos e têm acesso a treinamento técnico. A transformação é notável, hoje 2.900 hectares de pastagens são convertidos em floresta. Estamos apenas começando porque o objetivo é plantar mais assim que tivermos recursos. 

 

Tradução: Michael Mc Laughlin

Rating: 

Um presente para Comundos

Ao longo dos anos, Comundos ajudou comunidades remotas em todo o mundo, ensinando o pensamento crítico, na alfabetização midiática e no uso de tecnologia de comunicação.
Para fazer isso de forma eficaz, precisamos do seu apoio para computadores, traduções, cursos e o gerenciamento de mídia social.

Clique aqui para apoiar nossas ações.

Você será transferido para o fundo 'Amigos de Comundos' administrado pela Fundação Rei Balduíno.