Meu Quilombo. Um olhar de Jovem dentro do Quilombola.

Meu Quilombo. Um olhar de Jovem dentro do Quilombola.
Ainda existe um pouco de discriminação da sociedade pelas comunidades quilombolas. No Amapá não é diferente, são poucos os quilombolas que lutam para ter uma melhor qualidade de vida, através das discussões das políticas públicas de seu estado.
Duração do vídeo: 
02:21
Autor: 
Bruna Picanço
Data: 
domingo, Setembro 13, 2015
Nível: 
Youth
Description2: 

Negra, Amapaense, filha da Amazônia, esta sou eu, Bruna Picanço. Vou contar sobre o meu olhar de jovem a história do meu Quilombo.

Para falar de meu quilombo, primeiro devemos saber o que é um quilombo? QUILOMBO eram os locais de refúgio dos escravos fugidos de engenhos e fazendas durante o período colonial e imperial. Nesses locais, os escravos passavam a viver em liberdade. Locais hoje chamados de comunidades quilombolas.

Desde que nasci meus pais me contam que eu sou bisneta de negros que vieram da África, trazidos obrigados ao Amapá para a construção da Fortaleza de São José de Macapá, que se rebelaram, fugiram e formaram o quilombo. Hoje a comunidade de Conceição do Macacoari é composta por 60 famílias, nossas moradias são casas de madeiras em lei, construídas através de mutirões, criamos animais, como galinhas, patos, porcos, vacas, bufalo, cavalos e entre outros, trabalhamos com a agricultura com a produção de roça.

Além de existir floresta e rio de onde também retiramos nossos alimentos de forma sustentável cuja economia vem deles. Passamos por dificuldades, não temos posto de saúde, nem escolas.

Temos que nos deslocar a comunidade mais perto que tenha ou então ir para a capital do estado a 70km.

Por nossa comunidade passa um rio chamado Rio Macacoari, antes o acesso era penas pelo rio, hoje tem acesso via estradas. O nome da comunidade é engraçado, porque vem da junção Conceição da Santa padroeira que é Nossa Senhora da Conceição e Macacoari de macacos que existe na região.Somos o segundo quilombo do estado do Amapá.

Buscamos mais desenvolvimento e melhoria de vida a população através de nossa união em associação e participando de discursões das políticas públicas na sociedade.
 

Rating: 

Um presente para Comundos

Ao longo dos anos, Comundos ajudou comunidades remotas em todo o mundo, ensinando o pensamento crítico, na alfabetização midiática e no uso de tecnologia de comunicação.
Para fazer isso de forma eficaz, precisamos do seu apoio para computadores, traduções, cursos e o gerenciamento de mídia social.

Obrigado!

Comundos - Crelan Bank
BE11 1030 2973 8248

Become a monthly donor