Chegamos bem na hora

Chegamos bem na hora
Dona Claudia e seu marido, Don Reinaldo Gonzales, moram em um bairro carente de Tegucigalpa, controlado por maras e outras gangues.´El Hogar Diamante´ é uma ONG, sem fins lucrativos, fundada em 1985, e localizada em Tegucigalpa, Honduras.
Duração do vídeo: 
02:34
Autor: 
Casa Hogar Diamante, José Hidalgo
Data: 
sexta-feira, Julho 9, 2021
Nível: 
Youth
Description2: 

A história das crianças Raul Josue e Milton Joel Gonzalez Caldeiras no Hogar Diamante  ´El Hogar Diamante´ é uma ONG, sem fins lucrativos, fundada em 1985, e localizada em Tegucigalpa, Honduras.  A sua missão é a reabilitação educacional e social de crianças e jovens em situação de risco social.

Honduras é um país da América Central, com 9 milhões de habitantes e uma taxa de pobreza de mais de 70%;
Isso causa exclusão social, violência e, acima de tudo, migração em massa para outros países, especialmente para os Estados Unidos.

Raúl e Milton são irmãos gêmeos que entraram na Casa em 8 de fevereiro de 2013, a pedido de sua mãe, Doña Claudia Calderas, quando as crianças tinham 7 anos

Doña.Claudia e seu marido, Don Reinaldo Gonzales, vivem em um bairro marginal em Tegucigalpa, controlado por maras e outras gangues. Dom Reinaldo trabalhava como taxista e teve que pagar a taxa de guerra ou taxa de extorsão. Doña Claudia se dedica a fazer e vender tortilhas.

Há quatro anos Dom Reinaldo teve um derrame e ficou com muitas deficiências. Desde então não anda nem fala. Em janeiro de 2019, a casinha onde moravam pegou fogo. Agora eles moram em um pequeno cômodo que um parente lhes empresta.

Os gêmeos entraram na Casa muito desnutridos, como se pode ver nas fotos. Tem sido uma grande ajuda para os gêmeos, pois agora eles têm seu desenvolvimento normal.

Seus estudos estão indo muito bem. Eles estão na nona série e assim que se qualificarem para o Instituto Nacional de Formação Profissional, iniciarão o curso de uma carreira técnica.

“A educação integral é o caminho do desenvolvimento humano ...”

 

 

 

Rating: 

Um presente para Comundos

Há anos, a Comundos auxilia comunidades remotas, escolas e ONGs pelo mundo afora na inclusão digital. Fazemos isso de uma maneira original, usando a alfabetização midiática. Trabalhamos com 'multiplicadores' que ensinamos a pensar criticamente e a fazer uso relevante das tecnologias de comunicação.

Gostaríamos de pedir-lhe uma contribuição financeira para que possamos continuar este trabalho oferecendo às pessoas menos afortunadas oportunidades de contar a sua 'história inspiradora´'

Clique aqui para apoiar nossas ações.

Você será transferido para o fundo 'Amigos de Comundos' administrado pela Fundação Rei Balduíno.