Gastar Quanto ?

Gastar Quanto ?
Este vídeo tem como objetivo chamar a atenção das pessoas sobre a importância de calcular seus gastos e conhecer suas finanças, bem como ser mais consciente sobre o consumo exagerado, sendo este, um dos grandes vilões do problema financeiro.
Video Duration: 
03:15
Creator: 
Herbert
Date: 
domingo, Setembro 14, 2014
Level: 
Adult
Description2: 

Gastar quanto?
Essa é uma simples pergunta, porém, pouco pensada e respondida, com isso o endividamento de donos de negócios e da população cresce a cada momento gerando inúmeros problemas para as famílias e a economia. Más, calma! Existe solução.
Eu sou educador financeiro em Feira de Santana – Bahia, relatando os motivos e a triste realidade dos endividados e suas possíveis soluções.
Muitos empreendedores e empreendedoras me procuram em busca de solução milagrosa para equilibrar suas contas e restabelecer o crédito, isso porque, devido suas tarefas diárias, às vezes não sobra tempo ou vontade de registrar e analisar seus gastos.
Percebi isto num casal donos de uma padaria que passavam por problemas financeiros, pois não haviam registros dos gastos e despesas, bem como, usavam o dinheiro da empresa para gastos domésticos excessivos.
E assim como este casal, a matemática financeira não parece atrativa para um grande número de nosso povo, que não conseguem fechar as contas no fim do mês, pois não está incorporado na cultura brasileira a educação financeira. Porém não envolve apenas o desleixo de fazer contas, outros fatores são tão nocivos, quanto a incapacidade de calcular seus gastos.
No mundo globalizado e extremamente capitalista, as grandes empresas, utilizando-se de um marketing perverso, protagonizam um festival de estratégias e apelos psicológicos, para oferecer mais crédito e vender mais, sem se preocupar, se o que estão fazendo é o bem ou o mal para seus clientes, e o consumismo ultrapassa os limites da sanidade e capacidade financeira.
E as conseqüências? Há!!! Elas vão desde a perda de crédito para compras realmente importantes até problemas físicos, psicológicos e sociais, desencadeando um verdadeiro entrave na vida das pessoas.
Porém, nem tudo está perdido, existem instituições, sites, reportagens na televisão que trazem orientações de como solucionar e reorganizar suas finanças tornando-o um consumidor consciente de suas reais necessidades e capacidade financeira, mas isso depende muito da sua própria atitude em parar, pensar, fazer registros e contas e responder a uma simples pergunta:
GASTAR QUANTO?